Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Governo do Paraná recebe comitiva federal para acompanhar os estudos do projeto Nova Ferroeste

Home > Notícias > Governo do Paraná recebe comitiva federal para acompanhar os estudos do projeto Nova Ferroeste

10 de setembro de 2021

Governo do Paraná recebe comitiva federal para acompanhar os estudos do projeto Nova Ferroeste

Visita Nova Ferroeste

Os representantes do Grupo de Trabalho do Plano Estadual Ferroviário e do Governo do Paraná receberam a comitiva federal formada pelo PPI, do Ministério da Economia, e do Ministério da Infraestrutura para participar de reuniões e visitas técnicas sobre a Nova Ferroeste. 
 
A visita aconteceu entre os dias 09 e 10 de setembro de 2021 e contou com a participação da Secretária Especial Martha Seillier,  do Secretário de Parcerias em Transporte do PPI Leonardo Maciel, da Secretária de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura, Natália Marcassa, e do Secretário Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, Marcello da Costa Vieira. 
 
O projeto da Ferroeste foi qualificado no PPI por meio do Decreto nº 10.487, de 15/09/2020, com objetivo de auxiliar o Governo do Estado no processo de desestatização da ferrovia. 
 
A Secretária Especial do Programa de Parceria de Investimentos, Marta Seillier destacou a importância da execução de novos investimentos ferroviários. 
 
“Desenvolver mais ferrovias para escoar a nossa produção significa reduzir o custo de frete e aumentar a competitividade. Nosso país ainda é muito dependente do transporte rodoviário. Por isso, temos que trazer viabilidade em termos de receita para que a nova ferrovia se torne uma realidade e gere muitos empregos para a região”, afirmou a Secretária.
 
Já o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, considerou que a estimativa do estudo chegue a 38 milhões de toneladas no primeiro ano de operação. “Com os investimentos projetados com as licitações de áreas e o projeto do Moegão, o Porto de Paranaguá terá condição plena de atender toda a demanda projetada pela Nova Ferroeste”, afirmou Luiz Garcia.
 
Na reunião, liderada pelo Comitê de Governança do projeto, foram apresentados os resultados preliminares do Estudo de Viabilidade Técnico-Operacional, Econômico-Financeira, Ambiental e Jurídico (EVTEA-J) e do Estudo de Impacto Ambiental (EIA-RIMA).
 
O projeto de viabilidade técnica analisa a demanda existente e avalia a melhor alternativa de traçado para a ferrovia. Avalia-se a expansão da ferrovia, com a ligação entre Maracaju, no Mato Grosso do Sul, ao Porto de Paranaguá, ampliando e modernizando o trecho já existente entre Cascavel e Guarapuava, podendo chegar a um total de 1.304 quilômetros de extensão.
 
Já o Estudo de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) mostra que a ferrovia cria alternativas para um mínimo de impacto nas regiões alcançadas pelo projeto.
 
No segundo dia, a comitiva sobrevoou a região da Serra do Mar, onde está em avaliação a implementação de um dos trechos da ferrovia. 
 
Saiba mais sobre o projeto

Leia outras notícias

  • Anatel aprova o Leilão do 5G para o dia 4 de novembro

    Continue lendo
  • PPI recebe IPHAN para discutir a qualificação do Parque Histórico Nacional das Missões no Rio Grande do Sul

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil