Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Decreto inclui Terminais Pesqueiros Públicos no PND

Home > Notícias > Decreto inclui Terminais Pesqueiros Públicos no PND

06 de julho de 2021

Decreto inclui Terminais Pesqueiros Públicos no PND

Decreto inclui Terminais Pesqueiros Públicos no PND

Foi publicado, no Diário Oficial da União desta terça-feira (6/7), o Decreto nº 10.741, que inclui sete Terminais Pesqueiros Públicos da carteira do PPI no Programa Nacional de Desestatização (PND). Os TPPs estão localizados em Aracaju (SE); Belém (PA); Cananéia (SP); Manaus (AM); Natal (RN); Santos (SP) e Vitória (ES).

O projeto teve sua fase de consulta pública encerrada em 13/6, e neste momento está em fase de aprimoramentos, para o encaminhamento dos estudos ao Tribunal de Contas da União (TCU). A publicação do edital está prevista para setembro, com leilão em novembro deste ano.

Os estudos para concessão dos TPPs foram finalizados em abril e apontam que serão beneficiados mais de 59 mil pescadores artesanais, com produção que pode chegar a mais de 54 mil toneladas de pescado por ano.

Para os sete terminais, ao longo dos 20 anos previstos de concessão, foram estimados investimentos mínimos (capex) de R$ 71,1 milhões, e custos de operação (opex) de R$ 628,5 milhões. Cada terminal será ofertado individualmente, com exceção dos TPPs de Santos e Cananéia (SP), que serão concedidos em conjunto (em bloco).

Estima-se, ainda, R$ 986 milhões em benefícios econômicos do projeto, sendo R$ 472 milhões com a agregação de valor devido ao aumento da qualidade sanitária e R$ 192 milhões em ganhos de produtividade na pesca industrial, entre outros. Também se verificou que a concessão reduzirá o desperdício de pescados em 87,5 mil toneladas ao longo do prazo, como consequência das melhores condições de manuseio e processamento da produção. 

Leia outras notícias

  • PPI, MDR e Caixa ampliam parceria com Banco Mundial para consultoria em projetos de concessão e PPP

    Continue lendo
  • Publicado o edital da Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil