Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

TCU aprova arrendamento de quatro terminais portuários qualificados no PPI

Home > Notícias > TCU aprova arrendamento de quatro terminais portuários qualificados no PPI

26 de janeiro de 2018

TCU aprova arrendamento de quatro terminais portuários qualificados no PPI

TCU aprova arrendamento de quatro terminais portuários qualificados no PPI

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou, no dia 24/01/2018, o modelo de arrendamento de quatro terminais portuários qualificados no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). São eles: o Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR (PAR 12); o Terminal de Celulose no Porto de Itaqui/MA (IQI 18); o Terminal de Celulose no Porto de Paranguá/PR (PAR 01); e o Terminal de Cavaco de Madeira no Porto de Santana/AP (MCP1). Para os quatro terminais o critério de seleção será de maior valor de outorga e o período do contrato será de 25 anos.

Esta nova etapa de licitações representa uma inovação no Programa de Arrendamentos Portuários, de modo a reaproximar o Poder Público Federal às Autoridades Portuárias locais, uma vez que houve maior participação das Autoridades nos processos de elaboração e/ou atualização dos estudos técnicos.

A expectativa do Governo Federal é de publicação dos respectivos editais de licitação ainda no primeiro trimestre de 2018.

Sobre as áreas:

IQI 18:


Este projeto é de construção e operação de um terminal portuário para movimentação de celulose no porto de Itaqui – IQI 18, localizado em São Luis-MA . A área em que será instalado o arrendamento é uma área greenfield de aproximadamente 53 mil m². Está prevista nos estudos de viabilidade a construção, entre outros, de um armazém de 275 x 88 metros, com capacidade de 73 mil toneladas; de três ramais ferroviários, com extensão total de 2.395 metros; e de um berço de atracação de 264 x 40 metros. Os investimentos estimados são da ordem de R$ 215,0 milhões.

PAR 01:

Este projeto é de construção e operação de um terminal portuário para movimentação de celulose no porto de Paranaguá -  PAR 01, localizado em Paranaguá - PR. A área em que será instalado o arrendamento é uma área greenfield de aproximadamente 27,5 mil m². O projeto compreende novo terminal portuário com armazém único, instalações como portaria/controle de acesso, armazém de celulose, linhas férreas para descarga e manobras de encosta de vagões e edifício de apoio com escritórios, sanitários/vestiários, almoxarifado, depósitos, copa, refeitório e sala elétrica. O novo terminal deverá ter capacidade estática de armazenamento de 60 mil toneladas. Os investimentos estimados são da ordem de R$ 87,0 milhões.

PAR 12:

Este projeto é de construção e operação de um terminal portuário para movimentação de carga geral (veículos e suas partes) no porto de Paranaguá – PAR 12, localizado em Paranaguá-PR. A área em que será instalado o arrendamento é uma área greenfield de aproximadamente 170,2 mil m². O principal item de investimento será a construção do pátio para estacionamento dos veículos. Em relação à mão de obra, a maior necessidade trata-se de motoristas, dispensando equipamentos e logísticas internas mais complexas. Os investimentos estimados são da ordem de R$ 80,1,0 milhões.

MCP 01:

Este projeto é de operação de um terminal portuário para movimentação de carga geral (cavaco de madeira) no porto de Santana – MCP 01, localizado em Santana -AP. A área em que será instalado o arrendamento é uma área operacional de aproximadamente 22,0 mil m². Os investimentos devem fornecer ao Terminal um sistema de desembarque das embarcações que possua no mínimo 350 toneladas/hora de capacidade e o sistema de armazenagem conte com capacidade estática de 35.000 toneladas. Os investimentos estimados são da ordem de R$ 61,0 milhões.

Leia outras notícias

  • Portos: Terminais de Cabedelo vão movimentar quase R$ 100 milhões em investimentos

    Continue lendo
  • Até o fim deste ano, mais 17 projetos serão concluídos. Conheça os empreendimentos!

    Continue lendo