Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

PPI recebe senadora Soraya Thronicke para tratar do projeto da Nova Ferroeste

Home > Notícias > PPI recebe senadora Soraya Thronicke para tratar do projeto da Nova Ferroeste

24 de junho de 2021

PPI recebe senadora Soraya Thronicke para tratar do projeto da Nova Ferroeste

PPI recebe senadora Soraya Thronicke para tratar do projeto da Nova Ferroeste

A Secretária Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, recebeu nesta quinta-feira (24/6) a Senadora Soraya Thronicke, acompanhada do Assessor Diego Veloso; do Prefeito de Dourados/MS, Alan Guedes; do Secretário de Obras de Dourados/MS, Luís Casarin; e das Vereadoras de Dourados, Daniela Hall e Liandra Brambilla. Também participaram do encontro a Secretária de Apoio ao Licenciamento Ambiental do PPI, Rose Hofmann, o Secretário de Parcerias em Transportes, Thiago Caldeira, e o Assessor Gustavo Gomes.

A reunião teve como objetivo tratar do projeto da Nova Ferroeste. O Corredor Oeste de Exportação – Nova Ferroeste, com extensão estimada de 1.285 km, foi qualificado no PPI por meio do Decreto nº 10.487/2020 e abrange a construção de novos trechos e a criação de um corredor ferroviário de exportação ligando o polo produtor de grãos do Mato Grosso do Sul (MS) e oeste do Paraná (PR) ao porto de Paranaguá (PR). A previsão é levar o projeto a leilão no primeiro semestre de 2022.

Essa é uma das iniciativas com o objetivo de ampliar a malha ferroviária nacional, de modo a atender ao transporte de cargas voltado à exportação e promover maior participação desse modal na matriz de transportes, o que favorece a competitividade do país e a segurança do transporte de mercadorias.

Durante a reunião foram discutidos o cronograma do projeto, os detalhes do traçado da ferrovia e os impactos positivos da implantação do projeto para o Mato Grosso do Sul e para o município de Dourados/MS.

“A nova ferrovia terá um impacto muito positivo para o setor produtivo do centro-sul do país. Em parceria com a Prefeitura de Dourados, nós estamos lutando para que o município receba um terminal, que levará mais investimentos e desenvolvimento para a região”, disse a Senadora Soraya Thronicke.

A equipe técnica do PPI destacou que os estudos da Nova Ferroeste consideram a extensão da ferrovia até o munícipio de Maracaju/MS - o principal objetivo dessa extensão é viabilizar a interconexão com outra ferrovia existente no estado do Mato Grosso do Sul, a Malha Oeste e, com isso, maximizar o volume de cargas movimentadas pelo modal ferroviário e reduzir o custo logístico em todo o estado.

Esclareceu-se, ainda, que a localização dos terminais de carga será uma escolha a ser realizada após o processo de licitação, pelo novo concessionário privado. O objetivo é dar mais liberdade e flexibilidade para a iniciativa privada na execução dos investimentos.

“A condução do processo de licenciamento ambiental da Nova Ferroeste tem sido exemplar, pois se percebe uma vontade genuína do desenvolvedor em conciliar a infraestrutura com a sustentabilidade. O engajamento dos municípios interceptados no debate, nesse contexto, também agrega muito valor à tomada de decisão”, pontuou a Secretária de Apoio ao Licenciamento Ambiental do PPI, Rose Hofmann.

Leia outras notícias

  • Anatel aprova o Leilão do 5G para o dia 4 de novembro

    Continue lendo
  • PPI recebe IPHAN para discutir a qualificação do Parque Histórico Nacional das Missões no Rio Grande do Sul

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil