Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Resolução recomenda qualificação dos Leilões de Energia Nova A-3, A-4 e A-5 no PPI

Home > Notícias > Resolução recomenda qualificação dos Leilões de Energia Nova A-3, A-4 e A-5 no PPI

26 de maio de 2021

Resolução recomenda qualificação dos Leilões de Energia Nova A-3, A-4 e A-5 no PPI

Resolução recomenda qualificação dos Leilões de Energia Nova A-3, A-4 e A-5 no PPI

Foi publicada, no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26/5), a Resolução CPPI nº 175, que opina pela qualificação dos Leilões de Energia Nova "A-3", "A-4" e "A-5" no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Os certames serão realizados ainda neste ano.

A realização de leilões de compra de energia elétrica - especialmente os de novos empreendimentos de geração - é fundamental para a expansão do sistema elétrico brasileiro. Assim, os Leilões A-3/2021 e A-4/2021 serão realizados de maneira sequencial em 8/7. Clique aqui para acessar o edital

Poderão participar dos certames projetos eólicos, solar fotovoltaicos, hidrelétricos e termelétricos a biomassa. O início de suprimento será em janeiro de 2024, para o Leilão A-3, e em janeiro de 2025 para o Leilão A-4. Os prazos dos contratos variam de 20 a 30 anos, a depender da fonte de energia.

Já o Leilão A-5/2021, previsto para 30/9, permite a participação de empreendimentos das fontes hidrelétrica, carvão mineral nacional, gás natural, eólica, solar fotovoltaica, biomassa e recuperação energética de resíduos sólidos urbanos, com período de suprimento variando entre 15 e 25 anos.

O critério de seleção de todos os leilões se dará pelo menor preço da energia ofertada (em R$/MWh), observada a estratégia de partição da demanda entre as fontes definidas pelo Ministério de Minas e Energia (MME), bem como a oferta relativa de cada fonte nos leilões.

 

Leia outras notícias

  • PPI, MDR e Caixa ampliam parceria com Banco Mundial para consultoria em projetos de concessão e PPP

    Continue lendo
  • Publicado o edital da Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil