Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Publicada resolução que aprova condições para a desestatização da Ceasaminas

Home > Notícias > Publicada resolução que aprova condições para a desestatização da Ceasaminas

26 de maio de 2021

Publicada resolução que aprova condições para a desestatização da Ceasaminas

Ceasaminas

Foi publicada, no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26/5), a Resolução CPPI nº 186, que aprova as modalidades operacionais e as condições para a desestatização da Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S.A. (Ceasaminas).

A Ceasaminas iniciou sua operação em 1974 e tem como objeto a administração de entrepostos de abastecimento em seis municípios mineiros. No final da década de 90, no contexto da renegociação de dívida do Estado de Minas Gerais, foi transferido o controle para a União para que fosse realizada a privatização.

Por estar incluída no Programa Nacional de Desestatização (PND), o BNDES e o Ministério da Economia vêm conduzindo o processo de desestatização de forma que a transição da empresa da esfera pública para o setor privado ocorra sem impactos negativos para comerciantes, produtores e consumidores mineiros. Espera-se que esse processo resulte em uma Ceasaminas mais forte e que ofereça mais segurança jurídica aos investimentos e uma maior qualidade na oferta dos serviços.

A Resolução CPPI nº 186 estabelece a venda da empresa por meio de leilão, e os interessados poderão formular lances separados: i) terrenos livres de Contagem, no valor mínimo de R$ 161,63 milhões; ii) ações da União na empresa (sem os terrenos livres de Contagem), no valor mínimo de R$ 91,64 milhões; e iii) ações da União na empresa mais os terrenos livres de Contagem, no valor mínimo de R$ 253,27 milhões.

Com base nos lances ofertados, será avaliado o caminho mais vantajoso de venda para a União - se a venda dos terrenos junto com as ações da empresa ou em separado. Será vencedor do leilão quem oferecer o lance de maior valor para a opção de venda mais vantajosa para a União.

A Resolução dispõe, ainda, sobre a oferta de compra de ações dos acionistas minoritários pelo novo controlador da Ceasaminas, bem como sobre as regras de oferta de ações a empregados e aposentados da empresa.

O BNDES foi autorizado a apoiar a estruturação, pelo Estado de Minas, da concessão dos Mercados Livres dos Produtores, que deve ocorrer em conjunto com a desestatização da empresa.

Leia outras notícias

  • Realizada concorrência da Floresta Nacional de São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul

    Continue lendo
  • TCU aprova estudos de concessão da BR-381/262/MG/ES e da Dutra

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil