Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Pré-Sal: assinados os contratos da 4ª e da 5ª Rodada de Partilha de Produção

Home > Notícias > Pré-Sal: assinados os contratos da 4ª e da 5ª Rodada de Partilha de Produção

17 de dezembro de 2018

Pré-Sal: assinados os contratos da 4ª e da 5ª Rodada de Partilha de Produção

Foto: Ascom/PPI

Foram assinados hoje, em cerimônia no Palácio do Planalto, os contratos referentes a 4ª e a 5 Rodadas do Pré-Sal, projetos qualificados no Programa de Parceria de Investimentos (PPI). 

O leilão da 4ª Rodada da Partilha de Produção ofertou as áreas de Uirapuru, Itaimbezinho, Dois Irmãos e Três Marias, internas ao Polígono do Pré-Sal, nas Bacias de Campos e Santos, litoral dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Dessas, três foram arrematadas, resultando no pagamento para a União do montante de R$ 3,15 bilhões a título de Bônus de Assinatura, além de investimentos mínimos na fase de exploração equivalentes a R$ 738 milhões, os quais contribuirão para a geração de emprego e renda internamente. A Petrobras será a operadora dos blocos arrematados, com participação em cada uma delas variando entre 30 e 45%. Não houve ofertas para o bloco de Itaimbezinho. Dos dezesseis grupos qualificados para o certame, catorze foram de origem estrangeira e apenas as empresas Petrobras e Queiroz Galvão E&P S.A. de origem nacional.

A 5ª Rodada de Partilha ofertou as áreas de Saturno, Titã, Pau-Brasil e Sudoeste de Tartaruga Verde, localizadas nas bacias de Campos e Santos, dentro do Polígono do Pré-sal e em área declarada estratégica. A Petrobras manifestou interesse em ter participação obrigatória como operador apenas na área de Sudoeste de Tartaruga Verde. Todas as áreas foram arrematadas, o que garantiu à União a arrecadação de R$ 6,82 bilhões em bônus de assinatura, além do compromisso de investimentos exploratórios de R$ 1 bilhão, a título do Programa Exploratório Mínimo (PEM).
 

Fonte: PPI e MME

Leia outras notícias

  • Brasil terá crescimento sustentável e competitivo com Governo Bolsonaro, afirma Secretário Adalberto

    Continue lendo
  • PPI/Segov, CPRM e MME informam acerca do leilão dos Direitos Minerários do Complexo Polimetálico de Palmeirópolis/TO

    Continue lendo