Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Missão Brasil - Estados Unidos: PPI se reúne com associados do Conselho das Américas

Home > Notícias > Missão Brasil - Estados Unidos: PPI se reúne com associados do Conselho das Américas

16 de maio de 2019

Missão Brasil - Estados Unidos: PPI se reúne com associados do Conselho das Américas

Dia 2 NY
O Secretário Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Adalberto Vasconcelos, e o diretor de Rodovias do programa, Renan Brandão, estão em Nova Iorque para uma Missão Brasil - Estados Unidos. Nesta quarta-feira (15), a comitiva participou de reuniões com representantes da Morgan Stanley e no Council of the Americas.
 
Durante o café da manhã com a Morgan Stanley, uma empresa global de serviços financeiros que opera em 42 países e possui mais de 1.300 escritórios e 65 mil funcionários, o Secretário Especial afirmou que para atrair os investimentos necessários e o funding externo, além das importantes mudanças na matriz regulatória que estão sendo promovidas. “É extremamente necessário que o Brasil retome a capacidade de investimento por parte do Poder Público”, disse Adalberto. Em 2009, o Morgan Stanley fez uma joint-venture com o Citigroup, formando o Morgan Stanley Smith Barney, o maior banco de investimentos do mundo com 18 mil corretores de valores e ativos superiores a US$ 1.7 trilhão.

Na parte da tarde, todas as reuniões foram realizadas no Conselho das Américas, uma organização empresarial americana cujo objetivo é promover o livre comércio, a democracia e mercados abertos em todas as Américas. Isso inclui o Canadá, o México e o Caribe, além da América do Sul. Gestoras financeiras como, Blackstone, Vinci Partners e Internacional Finance Group foram algumas das empresas que receberam o PPI para debater as possibilidades de investimentos na infraestrutura brasileira. 

Adalberto Vasconcelos explicou aos investidores que, uma vez qualificados no programa, os empreendimentos passam a ser tratados como prioridade nacional, tendo como premissa a estabilidade, a segurança jurídica, a previsibilidade e a efetividade das políticas de investimento. “Dessa forma, os órgãos e as entidades envolvidas atuam para que os processos e atos necessários à estruturação, liberação e execução do projeto ocorram de forma célere, eficiente e transparente”, garantiu o Secretário.

A Missão Brasil – Estados Unidos ficará em Nova Iorque até o dia 17.

Leia outras notícias

  • Editais do leilão da CBTU e Trensurb devem ser publicados em 2021

    Continue lendo
  • PPI/Segov promove seminário sobre inspeção acreditada de projetos e obras de infraestrutura

    Continue lendo