Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Leilões de Energia Nova A-3 e A-4 contratam 183,3 MWmédios e totalizam mais de R$ 4 bilhões em investimentos estimados

Home > Notícias > Leilões de Energia Nova A-3 e A-4 contratam 183,3 MWmédios e totalizam mais de R$ 4 bilhões em investimentos estimados

08 de julho de 2021

Leilões de Energia Nova A-3 e A-4 contratam 183,3 MWmédios e totalizam mais de R$ 4 bilhões em investimentos estimados

Leilões de Energia Nova A-3 e A-4 contratam 183,3 MWmédios e totalizam mais de R$ 4 bilhões em investimentos estimados
A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) realizou, nesta quinta-feira (8/7), os Leilões de Energia Nova A-3 e A-4, com contratação de 183,3 MWmédios de energia para fornecimento em janeiro de 2024, para o Leilão A-3, e em janeiro de 2025 para o Leilão A-4. Os projetos foram qualificados na carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) por meio do Decreto nº 10.738. 
 
No Leilão A-3 foram leiloados 99 MWmédios de energia em projetos das fontes biomassa, eólica, solar e hídrica. O preço médio foi de R$ 165,11/MWh, representando deságio de 30,83%, e os projetos terão investimentos da ordem de R$ 2,2 bilhões.
 
Da fonte hídrica, foram contratadas três pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), com preço médio de R$ 219,31/MWh, deságio de 24,89% em relação ao preço inicial de R$ 292/MWh.
 
Na fonte eólica, foram contratados 23 projetos, com preço médio de R$ 148,52/MWh, deságio de 24,99% ante o preço inicial de R$ 198/MWh. Apenas os projetos eólicos representam investimentos estimados em R$ 1,027 bilhão.

Também foram leiloados cinco empreendimentos da fonte solar fotovoltaica. Os projetos somam investimentos de R$ 618,8 milhões. O preço médio ficou em R$ 125,53/MWh, deságio de 36,6%. Já a fonte térmica a biomassa representou dois projetos, com preço médio de R$ 176,62/MWh, deságio de 39,51%.
 
Do lado comprador, a demanda partiu de três distribuidoras: Celpa e Cemar, da Equatorial, e Light. 
 
No Leilão A-4 foram leiloados 84,3 MWmédios de energia em projetos das fontes biomassa, eólica, solar e hídrica. O preço médio foi de R$ 174,62/MWh, deságio de 28,82%, e os projetos representam investimentos da ordem de R$ 1,85 bilhões.
 
Da fonte hídrica, foram contratadas duas pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e uma usina hidrelétrica (UHE), com preço médio de R$ 207,22/MWh. Investimentos de R$ 515 milhões.
 
Na fonte eólica, foram 10 projetos, com preço médio de R$ 150,70/MWh. Apenas os projetos eólicos representam investimentos estimados em R$ 750 milhões.
 
Também foram contratados dois empreendimentos da fonte solar fotovoltaica. Os projetos somam investimentos de R$ 289 milhões. O preço médio ficou em R$ 136,31/MWh. A fonte térmica a biomassa representou três projetos, com preço médio de R$ 196,01/MWh e investimentos de R$ 296 milhões.
 
A demanda partiu de duas distribuidoras: Celpa, da Equatorial, e Light.

Leia outras notícias

  • PPI, MDR e Caixa ampliam parceria com Banco Mundial para consultoria em projetos de concessão e PPP

    Continue lendo
  • Publicado o edital da Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil