Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Oferta Permanente: aprovadas inscrições de três novas empresas

Home > Notícias > Oferta Permanente: aprovadas inscrições de três novas empresas

15 de abril de 2021

Oferta Permanente: aprovadas inscrições de três novas empresas

Oferta Permanente: aprovadas as inscrições de três novas empresas

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou as inscrições de mais três empresas para a Oferta Permanente: Giongo Óleo e Gás Ltda., Nobel Energy Ltda. e Petropotiguar Petróleo e Gás Ltda. Com as três novas empresas, já são 65 inscritas na Oferta Permanente. Veja a relação completa

As inscrições foram aprovadas nesta quarta-feira (14/4), em reunião da Comissão Especial de Licitação (CEL), e publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15/4). As áreas em oferta permanente para exploração e produção de petróleo e de gás natural foram qualificadas no PPI pelo Decreto nº 10.479, de 31/8/2020.     

A Oferta Permanente é uma modalidade de concessão de blocos e de áreas com acumulações marginais para exploração ou reabilitação e produção de petróleo e gás natural. Nessa modalidade, há a oferta contínua de blocos exploratórios e áreas com acumulações marginais localizados em quaisquer bacias terrestres ou marítimas. A exceção são os blocos localizados no Polígono do Pré-sal, nas áreas estratégicas ou na Plataforma Continental além das 200 milhas náuticas, bem como os autorizados a compor a 17ª e a 18ª Rodadas de Licitações.   

Uma vez tendo sua inscrição aprovada no processo, a empresa pode declarar interesse em um ou mais dos blocos e áreas ofertados no Edital. Após aprovação pela CEL de uma ou mais declarações de interesse, tem início um ciclo da Oferta Permanente, com a divulgação de seu cronograma pela Comissão. Os ciclos correspondem à realização das sessões públicas de apresentação de ofertas para um ou mais setores que tiveram declaração de interesse. No dia da sessão pública, as empresas inscritas podem fazer ofertas para blocos e áreas com acumulações marginais nos setores em licitação naquele ciclo.    

(Texto: ASCOM ANP)

 

Leia outras notícias

  • Capitalização da Eletrobras: MME aprova diretrizes para definição de preço de Angra 3

    Continue lendo
  • Anac e CCR assinam contrato de concessão dos aeroportos do Bloco Central

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil