Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Selecionados os primeiros projetos de mineração da política Pró-Minerais Estratégicos

Home > Notícias > Selecionados os primeiros projetos de mineração da política Pró-Minerais Estratégicos

23 de agosto de 2021

Selecionados os primeiros projetos de mineração da política Pró-Minerais Estratégicos

ctampme

Coordenado pelo Ministério de Minas e Energia, o CTAMPME trabalha para auxiliar os projetos minerários relevantes para a ampliação da produção nacional de minerais estratégicos

 

Na última terça-feira, 17/8, foi realizada a 3ª Reunião Ordinária do Comitê Interministerial de Análise de Projetos de Minerais Estratégicos (CTAPME) para deliberação sobre pedidos de habilitação de projetos no âmbito da Política Pró-Minerais Estratégicos, instituída e qualificada no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) pelo Decreto nº 10.657/2021.

Cabe ao CTAPME identificar os projetos de mineração considerados prioritários sob a perspectiva da política mineral e que, com efeito, receberão o apoio do PPI no processo de licenciamento ambiental. Na reunião, os seguintes projetos foram habilitados:

 

•          Projeto Bloco 8, da Sul-Americana de Metais S.A., para minério de ferro;

•          Projeto 3 Estradas, da Águia Mineração, para fosfato;

•          Projeto Mina do Alemão, da Vale, para cobre; e

•          Projetos N1-N2 e N3, da Vale, para minério de ferro.

 

Uma vez cumpridas todas as etapas do processo de licenciamento ambiental e atendidas as condicionantes ambientais cabíveis, os projetos colaborarão de maneira significativa para o aumento das reservas e da produção brasileira de minerais estratégicos, além de viabilizarem elevados investimentos com geração de inúmeros novos postos de trabalho e aumento das receitas públicas.

 

Minerais estratégicos

 

A política Pró-Minerais Estratégicos tem como objetivo selecionar projetos para o desenvolvimento do país e promover a articulação entre os órgãos do governo no sentido de unir esforços para a implantação, de modo a ampliar a produção nacional de minerais estratégicos em bases ambientalmente sustentáveis.

Busca-se, assim, garantir o suprimento de bens minerais dos quais o país hoje depende de importação, manter posição de grande produtor e exportador de bens minerais e permitir que o Brasil ocupe novos espaços, para tornar-se importante player em novas cadeias minerais, com forte demanda prevista a longo prazo.

De acordo com a Resolução nº 1, os pedidos de habilitação, devidamente fundamentados e instruídos, deverão ser submetidos pelo empreendedor para análise e deliberação do CTAPME, pelo e-mail ctapme.prot@mme.gov.br.

Já a Resolução nº 2 define a relação de minerais estratégicos para o País, de acordo com os critérios já estabelecidos no Decreto nº 10.657/2021.

 

Leia outras notícias

  • PPI, MDR e Caixa ampliam parceria com Banco Mundial para consultoria em projetos de concessão e PPP

    Continue lendo
  • Publicado o edital da Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil