Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Concorrência para concessão dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral tem proposta vencedora com ágio de 2.750%

Home > Notícias > Concorrência para concessão dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral tem proposta vencedora com ágio de 2.750%

11 de janeiro de 2021

Concorrência para concessão dos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral tem proposta vencedora com ágio de 2.750%

Aparados da Serra
Foram abertas, nesta segunda-feira (11/1), as propostas econômicas para a concessão dos serviços públicos de apoio à visitação, à proteção e à gestão das unidades de conservação contíguas do Parque Nacional de Aparados da Serra (RS) e do Parque Nacional da Serra Geral (SC). Com valor mínimo de outorga fixa inicial de R$ 718 mil, a concorrência teve como vencedor o grupo Construcap, com proposta no valor de R$ 20,5 milhões para outorga, o que representa ágio de 2.750 por cento. 
 
O próximo passo é a verificação da habilitação técnica da empresa, permitindo assim a assinatura do contrato de concessão e o imediato início da operação. Localizados entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, esses são os primeiros parques nacionais concedidos no novo modelo do Ministério do Meio Ambiente. Conduzida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) com apoio do PPI, a concorrência recebeu as seguintes propostas:

Construcap – R$ 20.500.100,00
Soul Parques – R$ 12.594.000,00
Consórcio Parque dos Cânions – R$ 10.805.900,00
Consórcio Aparados – R$ 7.411.111,31
Agrolatina – R$ 3.000.000,00
 
Ao todo, entre investimentos em instalações físicas e na operação dos parques, o valor estimado é de R$ 260 milhões ao longo do período de concessão, que será de 30 anos. 
 
O vencedor da licitação será responsável pela revitalização, modernização, operação, manutenção e gestão dos parques e deverá oferecer serviços de apoio aos turistas, incluindo alimentação, estacionamento, segurança e outros. A qualidade da prestação do serviço por parte do concessionário será medida a partir de indicadores de desempenho, que englobam avaliação da satisfação dos visitantes, qualidade da gestão dos resíduos na operação e manutenção e conservação das estruturas da concessão.

Leia outras notícias

  • Resolução recomenda qualificação de política para estudos de alternativas habitacionais para locação social

    Continue lendo
  • Aeroportos da 6ª Rodada: PPI e EPL disponibilizam versão em inglês do edital

    Continue lendo
Acesso à Informação
Governo do Brasil