Seu navegador não suporta javascript!

Programa de Parcerias de InvestimentosPPI

Assinados contratos de concessão dos 12 terminais arrematados na 5ª rodada de leilões aeroportuários

Home > Notícias > Assinados contratos de concessão dos 12 terminais arrematados na 5ª rodada de leilões aeroportuários

06 de setembro de 2019

Assinados contratos de concessão dos 12 terminais arrematados na 5ª rodada de leilões aeroportuários

Assinados contratos de concessão dos 12 terminais arrematados na 5ª rodada de leilões aeroportuários
Foram assinados, nesta manhã, os contratos de concessão de 12 aeroportos leiloados em março deste ano pelo Governo Federal, qualificados no PPI/Casa Civil. A cerimônia aconteceu no Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro; do Ministro-Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas; do Secretário de Transportes do PPI, Thiago Caldeira, dentre outras autoridades. 

A 5ª rodada de leilões aeroportúarios, realizada em março, rendeu um ágio médio de 986% sobre o lance mínimo total. Nos próximos cinco anos serão investidos R$ 1,47 bilhão nos 12 aeroportos, sendo R$ 788 milhões no Bloco Nordeste, R$ 302 milhões no Sudeste e R$ 386,7 milhões no Centro-Oeste.

Na cerimônia desta sexta-feira (6), o Governo Federal e os representantes das três concessionárias que arremataram os terminais, que nesta rodada foram organizados em três blocos, assinaram os contratos que firmam a responsabilidade de realizar investimentos para a ampliação e manutenção dos aeroportos. 

O Bloco Nordeste, formado pelos aeroportos de Recife (PE), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE), foi arrematado pelo consórcio AENA Desarrollo Internacional SME S.A. por R$ 1,9 bilhão, com ágio de 1.010% em relação ao lance mínimo inicial, de R$ 171 milhões.

Os aeroportos de Vitória (ES) e Macaé (RJ), que compunham o Bloco Sudeste, foram arrematados pelo consórcio Zurich Airport Latin America LTDA., com ágio de 830,1% em relação ao valor inicial de R$ 46,9 milhões. O grupo ofereceu R$ 437 milhões pelos dois terminais.

Já o Bloco Centro-Oeste, composto por Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta, todos no Estado de Mato Grosso, foi arrematado pelo Consórcio Aeroeste, formado pelas empresas Socicam Terminais Rodoviários e Representações LTDA e Sinart Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico LTDA. O grupo pagou R$ 40 milhões pelos quatro aeródromos, com ágio de 4.739% em relação ao lance mínimo inicial de R$ 800 mil.

Leia outras notícias

  • Edital de leilão de 12 linhas de transmissão, projeto do PPI/Casa Civil, é aprovado pela Aneel

    Continue lendo
  • PPI/Casa Civil apresenta boas práticas do programa para promoção da integridade e transparência no desenvolvimento de infraestrutura

    Continue lendo